23 de maio de 2024

Como Não Errar Na Escolha do Kit Churrasco

A imagem mostra um kit churrasco com alguns cortes diferentes
Imagem: Becerra Govea

Com a crescente popularização do churrasco de qualidade no país, a oferta de peças e a competição entre as casas de carnes ficou mais acirrada. Esse fenômeno fez vir à tona os famosos kits churrasco. Não é raro recebermos diversas ofertas através das nossas redes sociais sempre que o fim de semana se aproxima. A praticidade dos kits atraí, são opções prontas para se levar em churrasco de amigos ou mesmo se fazer um belo churrasco em casa. Mas se por um lado esses kits trazem ótimo custo benefício, por outro o grande número de opções e itens pode gerar confusão e indecisão na hora da compra. E é por isso que preparamos para você esse guia de como não errar na escolha do seu kit churrasco.

1 – Considere o tamanho da fome dos envolvidos

Geralmente os kits churrasco indicam o número de pessoas que servem. Os exemplos são vários: “Kit Picanha para 5 Pessoas”, “Kit Maminha para 4 Pessoas”, “Kit Ancho Angus para 6 Pessoas” e por aí vai. Porém, essa estimativa não é nem um pouco confiável. Você corre o risco de deixar seus amigos e convidados passando fome, e ainda por cima zombando de você por ter calculado mal.

Avalie o tamanho do kit churrasco

O que fazer então? Primeiro, separe os itens que serão consumidos do kit e some seus pesos. Lembre-se sempre de que o peso desses itens será “in natura”, ou seja, é a massa do alimento antes do preparo, que após o preparo será cerca de 15% menor. Divida o peso total pelo número de convidados e você terá o quanto de alimento aquele kit fornece para cada participante do churrasco, como por exemplo 200 gramas por pessoa ou 300 gramas por pessoa.

A partir do momento que você tem essa informação, está na hora de fazer algumas considerações. Uma média “padrão” ditada pelo senso comum do brasileiro diz que se consome em churrasco 250 gramas de carne para mulheres e 350 gramas de carne para homens. É uma média “aceitável”, desde que seja considerada apenas a carne (fora os acompanhamentos e entradas) já preparada. Lembre-se que o peso do kit é “in natura” e inclui os acompanhamentos, portanto você deve fazer a compensação.

Leve em conta o tempo de evento

Também é importante levar em conta que essa média do senso comum vale para um almoço ou um jantar, e se você for fazer um churrasco mais longo, ou durante o dia todo, você terá que considerar que as pessoas após algumas horas da primeira rodada já estarão com fome novamente.

Resumindo, você precisa levar em conta o peso total do kit em relação à fome da sua galera e ao tempo total de churrasco.

2 – Atente-se ao corte principal do kit churrasco

A maioria dos kits costuma trazer um corte principal, que é a “estrela” do pacote, aquela peça que será o chamariz do produto. Os demais itens serão apenas acompanhamentos. Você deve levar em consideração o tamanho dessa peça em relação ao restante do kit, e também a qualidade da mesma.

Explico: Muitas vezes, uma peça de menor qualidade parecerá mais atrativa. O kit pode trazer uma picanha de 2 kg e poucos acompanhamentos, porém se essa peça não for boa, você acabará comendo na maior parte do tempo um churrasco ruim pois o kit trará menos acompanhamentos.

No caso então, é mais inteligente escolher kits que tragam peças menores com alta qualidade e mais acompanhamentos. Por exemplo 900 g de maminha angus (nunca se esqueça: maminha boa é melhor que picanha ruim), e o resto do kit composto por panceta, linguiça, asa de frango e etc.

3 – Acompanhamentos importam

Um bom kit traz uma boa divisão entre o corte principal e os acompanhamentos. Temos diversos produtos que podem compor o kit, dentre eles linguiças e outros embutidos, cortes suínos, pão de alho, queijos, e até doces.

Dessa forma, precisamos nos atentar se os acompanhamentos estão bem divididos. Alguns acompanhamentos são melhores se servidos como entradas, outros podem ser servidos junto ao corte principal, e alguns podem ser até sobremesa. Portanto, analise se o kit proporciona um churrasco completo e bem equilibrado.

Lembre-se sempre que você pode usar nosso post Idéias de Acompanhamentos para Churrasco para incluir seus próprios acompanhamentos.

4 – E o preço?

Acredite ou não, nem todo kit churrasco tem preço bom. Algumas casas de carne criam o kit pensando apenas na comodidade da pessoa não precisar escolher os itens individualmente, afinal, nem todo mundo gosta de ficar escolhendo peças. Mas para nós, churrasqueiros que adoramos escolher nossas peças, um bom kit também tem que trazer economia. Então a dica é simples, some o valor dos itens separados e compare o total com o valor do kit. Se o valor do kit estiver acima ou mesmo igual ao valor da soma das peças isoladas, compensa mais pegar item por item por que ai você pode escolher exatamente o que está levando.

Artigos Relacionados